Melhores elogios para a amiga

A melhor amiga que te protege, que te faz dar as melhores gargalhadas. Aquela que não desgruda do seu pé, e aquela que você quer ter perto até ficar velhinha. Sempre tem a melhor amiga de todas que te alegra, te agrada, te xinga, te abre os olhos, te ajuda, te bate mas te ama. Todos os elogios do mundo são poucos para todo seu merecimento. Você faz meu filho feliz, mas também se revelou uma boa amiga para todos, uma companhia interessante e um apoio para todos os momentos. Eu a vejo como nora, amiga, mas também uma filha. Você foi um presente de Deus na vida de todos, e só tenho a lhe agradecer por tudo! Os elogios que fazemos às pessoas poderiam ser muito melhores. ... mas vale notar o método que ela usou para fazer elogios. ... Quando você diz a alguém que a pessoa é boa amiga, também lhe ... Amiga hoje estou aqui para falar que você é muito importante para min e sempre será , ainda me lembro das nossas brigas e brincadeiras,você é como se fosse uma amiga-irmã, é aquela que sempre está do meu lado , brigando , criticando , ajudando e amando. Você é tudo para min. Nossa amizade nunca irá acabar! :) Luana Batista Piores Cantadas Melhores Cantadas Elogios Para Amiga Elogios Engraçadas Citações Apaixonadas Frases De Cantada Cantadas De Pedreiro Elogios Para Fotos Memes Românticos Engraçados. 25 cantadas que nunca vão colar. Este post é praticamente um tutorial de paquera para iniciantes. Os melhores elogios para fotos nem sempre são explícitos ou envolvem declarações de amor. Se você não sabe o que comentar no foto do @, essa lista é a prova de que é possível fazer elogios para fotos de forma criativa e inteligente: 100& diva; A cada dia mais gata. Achei estupendo. Os pequenos elogios são partes essenciais de qualquer relacionamento e fazem uma pessoa se sentir reconhecida, valorizada e querida. Aumente a autoconfiança desse alguém que você ama muito, mas que se recusa a se valorizar. Mostre para essa pessoa que os pequenos elogios que ela recebe são sinceros e que ela pode conquistar o mundo. 13/mai/2020 - Explore a pasta 'Elogios para mulher' de Maria SoledadeAndrade no Pinterest. Veja mais ideias sobre Elogios para mulher, Elogios, Dicas de namoro. 25 elogios maravilhosos para você mandar só para quem merece 'Se eu te visse no busão tu ia ser muito crush de busão'. by Rafael Capanema. Equipe BuzzFeed, Brasil 1. Imagina a gente no 875A/10 ... Talvez este seja um dos melhores elogios para qualquer garota. Todo mundo quer ouvir algo assim. Isso significa que ele se sente confortável ao lado dela. Ele pode confiar a ela os pensamentos mais íntimos e sentimentos profundos. Tal elogio é um sinal de proximidade e confiança. Elogios adoráveis . 9. Você é importante para mim

A ignorância é uma bênção

2020.09.19 14:53 TezCalipoca A ignorância é uma bênção

A ignorância é uma bênção. Não sei se alguém já cunhou essa frase antes, mas cada vez mais consigo perceber o quão verossímil ela é.
Não me refiro a ignorância bruta, à forma humana agressiva e violenta, de tratar das coisas sem conhecimento. A ignorância de não saber o que aconteceu com o computador e tentar consertar através de golpes na máquina. A ignorância de um homem que é incapaz de compreender a liberdade e a independência de uma mulher e com isso, parte para agressões, como maneira de justificar a posição superior que supõe estar.
Falo de uma ignorância intelectual. De uma falta de interesse sobre o mundo. Até mesmo de uma falta de ambição. Uma despreocupação com o futuro, com o que se passa em Brasília, com qualquer outra coisa que não seja o agora. Grande parte da população brasileira (quiçá latino-americana) se encontra nesse âmbito da ignorância.
Essas pessoas não possuem grandes metas de vida. Normalmente, no caso masculino, a grande preocupação, o grande sonho, é possuir um carro. Não precisa ser um carro completo, não tem problema pagar 72 prestações de R$500,00. O importante é ter um carro para chamar de seu, que possa usar nos fins de semana, ou quando quiser “dar uma banda”, como se diz por esses rincões gauchescos.
Até mesmo o carro pode ser algo simples. Afinal, o Gol caixa de 1992 é estiloso. Esses homens, que denomino aqui como ignorantes (e veja bem, não me cancele antes de entender o significado e a razão pela qual uso dessa nomenclatura!) almejam, simplesmente, um carro. Trabalham suas oito horas por dia em fábricas, lojas, mecânicas, eventualmente escritórios, com seu salário em torno de R$1.700,00 por mês. Não precisam de mais do que isso. É o suficiente para pagar as prestações do financiamento, os boletos de água, luz, internet e da TV a cabo que não usa. Até consegue fazer sobrar um dinheiro para sair beber uma cerveja com os amigos no fim de semana, ou ir em uma “baladinha pegá as mina”. Ou para tornar esse texto mais próximo da minha realidade geográfica, “pra pegá muié”.
Qual é a meta desses homens, após conseguir seu carro? Investir em uma educação, para poder ter um emprego melhor e que lhe seja mais aprazível? Preparar-se para viajar para lugares diferentes do mundo? Abrir um empreendimento? Não. O homem ignorante não tem ambição, não tem a capacidade de planejar. Para ele, alcançado o seu sonho de ter um carro com 24 anos de idade, é hora de seguir com a vida.
Muitos passam mais alguns anos usando o salário para fazer investimentos. Mas não em ações, negócios ou educação. Investimento no carro. Rodas, som, estofamento de couro, qualquer coisa é suficiente para que o homem ignorante queira usar seu suado dinheiro para fazer seu Kadett 1988 ficar mais atraente, mais potente, mais bonito. Outros homens, porém, não sentem tanta atração assim pelo seu carro. Que fazem então com seu salário? Usam com sua namorada.
A namorada. A mulher. Todo homem ignorante quer ter uma companheira. Não significa que ele seja fiel a ela, ou que ele a ame de verdade. O mesmo talvez seja verdade para com a mulher. O homem ignorante quer uma mulher porque para ele, somente assim ele poderá ter uma família. Mas que tipo de mulher iria se interessar por esse tipo de homem?
A resposta é muito simples. A mulher ignorante. Assim como sua contraparte masculina, ela também não tem ambição, não tem metas, não tem planos. Findo o Ensino Médio, com sua gloriosa festa de formatura, momento mais alto de sua vida, onde está embebida do carinho (nem sempre verdadeiro) de suas amigas. Onde recebe elogios pelo simples fato de respirar. Onde sente que alcançou uma conquista deveras relevante – e que talvez realmente o seja, se considerarmos o contexto da mulher ignorante.
Após esse apogeu da sua juventude, a mulher ignorante segue o mesmo caminho do homem ignorante. Algum trabalho simples, com pouco esforço intelectual, em lojas, supermercados, eventualmente como secretárias ou recepcionistas. Ninguém quer lhe oferecer uma função melhor. Ela não quer uma função melhor.
Qual o sonho dessa mulher ignorante? Ao contrário do homem, não é algo que se materializa em um carro. É algo maior: uma família. Em cidades interioranas, a forte presença de ideários machistas ainda faz as mulheres sonharem em ter um casal de filhos e um marido, em um casamento onde dificilmente haverá amor. Mais justo dizer que há uma obrigação nesse casório. Não querem ter suas vidas, seus sonhos, seus projetos. Querem apenas um lar para cuidar.
É nesse momento que os dois ignorantes se encontram e assim, dão início a sua longeva vida como casal. Talvez se conheçam em uma festa genérica. Talvez se conheçam nas redes sociais, com uma conversa genérica. Talvez sejam apresentados por amigos em comum, também genéricos. Independente de tudo, os ignorantes se encontram e começam sua vida ignorante de maneira conjunta.
Aos poucos os filhos nascem. Normalmente os ignorantes querem um casal de crianças, para que o guri seja educado pelo pai e a guria pela mãe. Assim como seus progenitores, esses pequenos também serão ignorantes, também herdarão essa falta de ambição, de visão, de planejamento.
Mas não vamos nos adiantar. Antes, vamos analisar o casal ignorante. Muitas vezes as amarras machistas se mantem nesses casais, onde a mulher assume o papel de dona-de-casa, como isso função natural feminina. Mas existem casos – muito mais movidos pela necessidade material – onde ambos trabalham. De qualquer forma, a rotina da família é sempre a mesma. As crianças estudam, pai e mãe trabalham. Às vezes há a visita de familiares, primos e tios igualmente ignorantes. As férias, no máximo, consistem em viajar para uma praia. E durante todo o tempo, a família ignorante vai para a mesma praia e faz a mesma coisa. Sentam-se na areia olhando para o nada, bebendo cerveja e mexendo no celular. As crianças, como lhes é próprio da infância, aproveitam para brincar no mar. A imaginação faz com que qualquer grão de areia possa ser único e divertido à sua maneira.
Mas as crianças viram adolescentes. Adolescentes ignorantes. Não há um interesse em estudar, a maior preocupação são as fofocas dos amigos (e dos inimigos) e dar uns beijos, eventualmente. Pai e mãe não fazem essa cobrança dos estudos. Afinal, única coisa que importa é passar de ano. Para que exatamente, não se sabe, mas é importante.
Durante toda essa existência familiar, esse homem, essa mulher e essas crianças ignorantes não almejam nada que esteja fora do alcance. Talvez não saibam da possibilidade disso. São facilmente maleáveis pelos fluxos constantes da sociedade, em suas vertentes sociais e políticas. O pai não entende nada de economia, mas sempre dá sua opinião infundamentada sobre alguma coisa. Normalmente leva em conta o que alguém lhe disse em uma mesa de bar. A mãe, se quer se preocupa com esses assuntos. À mulher ignorante lhe interessa apenas a fofoca, a intriga, os assuntos mundanos próximos da sua realidade. O arroz está caro? Que pena, mas sabia que a tia da Neusa, que era casada com o Robson, agora se casou pela terceira vez, dessa vez com um paranaense?
E os adolescentes ignorantes? São esponjas de ondas políticas e sociais, nem sempre com boas intenções. Quantos por aí sequer abriram um livro na vida? Não possuem nenhum senso de cultura a não ser aquilo que a massa consome. Tom Jobim? Legião Urbana? Djavan? O que lhes interessa é o MC alguma coisa, a dupla sertaneja de nomes genéricos, no máximo alguma cantora pop de renome internacional, como uma Anitta.
Ainda assim, essas pessoas são felizes. A maior preocupação é o entretenimento. O homem ignorante só quer sair nos fins de semana com seus amigos beber cerveja, comer carne e assistir ao jogo de futebol. Mesmo depois de casado, sua maior preocupação continua sendo o futebol e uma eventual bebedeira com seus amigos. A mulher ignorante, mais limitada ainda, só se preocupa com a vida dos outros. Nada lhe deixa mais feliz do que se reunir com suas amigas para conversar sobre a vida das vizinhas. Não há satisfação maior na vida.
E aqui venho novamente dizer que a ignorância é uma bênção. Por quê?, talvez você me pergunte. Afinal, após toda essa crítica a esse lifestyle dos ignorantes, como posso afirmar que isso é uma bênção?
Certa manhã, estava eu, estudando, como tenho feito nos últimos meses. Após estudar o que havia planejado, decido ouvir um pouco de música. Minha criação não foi a mesma de uma pessoa ignorante. Desde criança, minha mãe sempre me incentivou a estudar. Quando eu tinha cinco anos, ela me comprou uma Revista Recreio. A partir daí, desenvolvi um grande interesse pela leitura, pelo conhecimento. Paleontologia, arqueologia, história, até mesmo a criação geológica do planeta, tudo isso me fascinava e me instigava a ir atrás de explicações, de respostas.
Mas estou divagando. Voltemos à música. Meu gosto musical, não sei como foi desenvolvido, mas é um tanto, digamos exótico. Sou um grande aficionado por estilos musicais que não são muito ouvidos pelos rincões do Rio Grande do Sul, onde vivi minha adolescência e meus primeiros anos como adulto. Tango, salsa, jazz, blues, bossa nova, só para mencionar alguns. É claro, não quero dizer que sou um erudito, até porque também gosto de ouvir estilos musicais mais populares.
O ponto que quero tratar aqui, é que nessa manhã, após os estudos, decido ouvir um tango, enquanto me arrumava para sair. A elegância e a qualidade musical me deixaram estupefato de maneira única e logo comecei a refletir sobre meu futuro e como adoraria, em alguns anos, visitar novamente Buenos Aires.
Logo que penso nisso, vejo o que tenho feito da minha vida. Quantas preocupações, ânsias, tormentos não tenho passado por conta do futuro? Em pensar se terei sucesso no que almejo? Não pretendo compartilhar meus sonhos, mas com certeza é algo muito mais grandioso (é claro que é relativo, mas me refiro no sentido de esforço) do que um simples carro.
Pensar em quanto eu e tantos outros, que estão fora dessa categoria de ignorantes, se preocupam com essas questões, me deixou reflexivo. Basta ver a quantidade de pessoas ansiosas no Brasil. Ansiosas por esses mesmos temores: será que terei sucesso? Será que conquistarei o que almejo? Será que vai dar tudo certo? Preocupações essas que os ignorantes não possuem. Afinal, a cerveja da sexta-feira é garantida.
É claro, os ignorantes ainda se preocupam em quem sabe perder o emprego. Mas normalmente, seus trabalhos não requerem muito esforço. Os ignorantes só querem receber o salário, sem se preocupar em buscar uma posição melhor, uma renda melhor.
Com isso concluo que a ignorância é uma bênção. A ignorância lhe permite ter uma vida feliz. Uma vida simples, sem variar muito, mas sem dúvida feliz. Uma vida protegida das hostilidades do mundo, uma vida abençoada, pela ignorância. Através desse véu que ilude e que engana, os ignorantes são satisfeitos.¹
¹É claro que existem inúmeras questões sociais em torno do que compõe os ignorantes. Educação fraca, ausência de ações sociais, pobreza, enfim. Mas o propósito desse devaneio, não é questionar esses problemas, ou sequer apontar as consequências dessa ignorância intelectual. É refletir sobre como a vida é simples para aqueles sem conhecimento. Se você considera como boa, ou ruim, depende de você.
submitted by TezCalipoca to desabafos [link] [comments]


2020.09.19 13:05 EddieCrispo18 Tamanho do pênis / Insatisfação [H25]

Não me sinto satisfeito com o tamanho do meu pênis.
Mesmo minhas parceiras nunca terem reclamado (pelo menos nunca fiquei sabendo rs) fico com a auto estima baixa quando penso se elas não acham nada demais na hora da penetração.
Nunca se impressionam quando vê ele, e até onde sei isso significa que não interessou muito, tipo, méh.
Aí eu já penso que comparado aos parceiros/namorados anteriores, sempre sou o menor. E que não vão se sentir tão 'preenchidas' como antes.
Já perguntei uma vez o que uma parceira achava do meu pau, disse que achava grande, mas como gostava muito de mim tenho certeza que dizia isso pra não me magoar (além do mais, quem falaria na cara que é pequeno né rs). E tipo, ouvir 'não acho pequeno' também é muito diferente de ouvir que seu pau é grande ou ouvir que é um dos maiores que já viu, etc.. Muitas coisas davam a entender que os anteriores dela eram maiores, e isso me chateia e muito porquê ela já viu que está com algo pior e vai ter que se contentar com isso se quiser continuar comigo. Talvez ainda desejando/lembrando como era diferente e melhor com o ex.
Mesma coisa de alguma menina perguntar se acha ela bonita/gostosa e responder 'não acho vc feia'.
Acharia legal ouvir elogios, porque gosto de elogiar muito. Não queria que ficassem comigo só porque me acham um cara legal, mas também porque sentem tesão comigo e gostem do meu pau. Tipo, não quero que fiquem por piedade nem por dó.
As meninas, vocês já foram questionadas sobre o tamanho de algum parceiro? Vocês mentem para não magoar? Se seu parceiro anterior era maior, sentem que a sensação é diferente/menos preenchida? Ou até mesmo só o visual já dá menos prazer de olhar um pequeno vs um grande?
As vezes me sinto menos masculino por causa disso (sei que é errado, que não tem nada a ver). Já pensei em nunca ficar com ninguém por causa disso.
Sinto medo de alguma espalhar sobre meu tamanho e vire piada depois (acho que não saberia lidar com uma situação dessas).
As meninas, vocês costumam falar com amigas sobre tamanho de algum cara que vocês estão realmente gostando? (Sobre sexo casual creio que sim né).
Aos homens, como lidam com essa situação? Não digo a respeito de compensar nas outras coisas, isso é óbvio, na verdade independentemente do tamanho tem que ser tudo muito bem feito.
Queria me sentir satisfeito e seguro com meu tamanho, o que posso fazer para melhorar nessa questão?
*Assisto porn desde os 10 anos; perdi a virgindade beem tarde; tive pouquíssimas parceiras até hoje.
**Se fosse pra escolher prefiria que elas sentissem 100% de prazer e eu 0% do que 50%/50% ou 0%/100%. Se fosse pra escolher prefiria que elas sempre gozassem e eu nunca gozesse. (Sim, o sexo tem que ser ótimo para os dois, óbvio, estou dizendo que se fosse pra escolher, sempre preferiria proporcionar do que receber.. me sentiria bem melhor).
***Se financeiramente fosse alcançável pra mim fazer bioplastia com ácido hialurônico/células de gordura, faria sem pensar 2x.
****Caso alguém quiser fotos/vídeos para analisar DE VERDADE o que acham do tamanho, me mandem mensagem privada. Ficaria agradecido em saber opiniões VERDADEIRAS sobre o meu tamanho, me ajudaria mesmo. Até pra saber se não exagero sobre tudo isso que disse acima.
submitted by EddieCrispo18 to sexualidade [link] [comments]


2020.08.26 03:42 LuckyUwU69 Uma alma abatida

Depois de lutar contra algumas coisas... Apercebi-me que o meu passado gosta de voltar para me mostrar o quão forte sou para enfrenta-lo e lidar com ele... Mas não forte suficiente para lidar com ele depois... Após estes 2 anos aterrorizantes da minha "insignificante" vida, apercebo-me que quero morrer. Não tenho coragem para o fazer, então não o vou fazer, mas um sentimento de sofrimento não sai de dentro de mim... Fiz de tudo para me sentir feliz, e nestes dois dias consegui algo a que pude chamar de normalidade, nem feliz, nem triste, foi tudo abalado.. Vi que gostava de ter a minha vida antiga de volta, onde as pessoas criticavam a minha aparência e o modo de ser, os socos, as coisas más que diziam sobre mim e espalhavam sobre mim, ver a minha melhor amiga a ir para o caminho errado, porque nessa época eu era feliz e nem eu sabia. Perdi o meu melhor amigo, perdi os meus animais de estimação queridos, perdi a minha amiga, perdi a confiança, perdi a esperança nos meus sonhos, perdi o fato de gostar do meu corpo e de quem sou. Não consigo olhar para mim sem me sentir enojada, feia, nem consigo sequer pensar em alguém ver-me nua, ou de roupa íntima, nem dizer que gosta de mim, ou sequer querer algo comigo, porque me enoja, e só de pensar tenho vontade de chorar, não consigo me sentir bem outra vez. Não tenho ninguém que seja sincero comigo... Que me diga o que realmente pensa de mim... Porque todos os elogios por parte de entes queridos de que sou bonita, que sou forte, que sou inteligente e de que todos os meus sonhos vão ser cumpridos, não vejo sinceridade na cara deles... Sinto-me incapaz de seguir os meus sonhos, tornar-me intérprete, ter uma casa, e os meus animais de estimação comigo além de ter um marido que eu idealizo e futuramente os meus filhos, podem ser sonhos fúteis, mas foi sempre o que sonhei para mim... E agora sinto-me devastada, enojada e profundamente triste... Peço ajuda... Não sei que fazer, não quero falar com psicólogos, odeio, eu só quero flr com alguém que eu sinta que não me vi julgar que possa falar comigo quando mais precisar... Recorri ao redit, porque não acho que na vida social que tenho, tenha alguém de confiança... Este é o meu pedido de ajuda...
submitted by LuckyUwU69 to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 16:36 Alto_Astral SOU O BABACA POR SER MAIS FRIO E GROSSO COM MEU IRMÃO ?

Olá Luba, falecidos papelões,gatas e turma que está a lever Bem antes de tudo vou dar um pouco de contexto Eu tenho 15 anos e meu irmão Carls tem 11 de maneira geral a gente se dava bem mesmo que ele seja mais estressado e pavio curto do que eu, antes da pandemia começar estava tudo bem entre nós dois já que estudávamos em horários diferentes. Ainda sim depois que a pandemia começou estávamos "ok" já que nossa mãe trabalhava meio período e ficava a tarde inteira em casa mas agora ela arrumou um novo emprego e fica o dia inteiro trabalhando assim como meu pai então e meu irmão ficamos sozinhos em casa e pela lógica na falta dos meus pais eu sou o responsável por aqui ( eu que faço o almoço acordo meu irmão para assistir a aula online dele, que lembro e cobro ele de fazer os deveres e ajudar a manter a casa limpa) De uns tempos pra cá tenho percebido o quanto meu irmão é muito chato ( não estou dizendo que sou perfeito, eu reconheço que talvez eu seja um pouco autoritário de mais e um pouco sarcástico em horas impróprias) mas voltando ao assunto vou citar algumas situações e motivos recentes para que vcs possam julgar se sou babaca ou não HOJE: Assim que eu voltei da lotérica pq fui pagar um negócio para minha mãe eu desci até a cozinha para lavar a louça do café da manhã e reparei que só havia uma caneca grande que foi eu que usei para tomar meu leite achocolatado de manhã (Obs: eu e ele comemos pouco principalmente de manhã costumamos tomar a penas uma caneca grande de leite achocolatado) não é preciso ser um Sherlock homes para descobrir que ele não tomou café da manhã, chamei ele e tivemos a seguinte discussão Eu- cara pq vc não tomou leite? Ele- EU ESQUECI E TAMBÉM VC NÃO ME AVISO QUE TINHA ESQUENTADO O LEITE! Eu- cara vc já tem 11 anos eu não preciso avisar, vc tem que descer aqui e fazer seu leite não importa se eu tiver esquentado o leite ou não vc sabe ligar o fogão Ele- MAS EU ESQUECI! PRA QUE FAZER TEMPESTADE EM COPO D`AGUA!!! Eu- eu não estaria fazendo se vc não "esquesece" todos os dias vc sabe que café da manhã é importante! Ainda hj ele me disse que queria fazer uma animação com uma personagem dele chamada " yumiko" e uma personagem minha e da minha melhor amiga chamada " Yumeko" e lá se vai mais uma discussão Ele- João (eu) eu vou fazer uma animação com a yumiko e a Yumeko Eu- não vc não vai usar um personagem meu e dá rainara(nome fictício da minha melhor amiga) Ele- vou sim eu ponho que é uma collab Eu- cara só é uma collab se os dois lados concordam! Ele- ENTÃO EU FAÇO UMA VERSÃO MINHA DA SUA YUMEKO! Eu- Ainda sim cara não! Depois disso eu subi pro nosso quarto e deitei na minha cama pra escrever essa história e ele chegou aqui falando Ele- João a tela do Celular do papai ficou preta (Obs: ele VIVE usando o celular do nosso pai, eu sou contra isso mas não falo nada sobre o assunto) Segundos dps o celular volta ao normal e eu digo Eu- cara vc devia desinstalar algumas coisas do celular do Papai Ele- EU JÁ TO DESINSTALANDO! Eu- não precisa estressar eu só dei um conselho
ALGUMAS OUTRAS SITUAÇÕES QUE NÃO FORAM HJ MAS SÃO RECENTES um dia quando estamos indo dormir ele ia colocar o celular de nosso pai pra carregar no nosso quarto e começamos outra discussão Eu- cara põe o Celular pra carregar na sala o celular nem é seu! Ele- MAS O PAPAI NEM TÁ LEVANDO O CELULAR PRO TRABALHO Eu- mas e se amanhã ele for levar!? O celular não é seu então põe pra carregar na SALA! Ele- o celular é mais meu do que dele! Depois disso ele ACORDOU meu pai só pra perguntar se ele iria levar o celular amanhã eu falei pra ele o quanto isso era errado e ele começou a surtar dizendo que nunca ganha um elogio e que as pessoas só ficam bravas com ele E por último ontem quando fui ferver água para fazer chá ele foi até a cozinha e pediu pra eu fazer o chá dele ( geralmente eu só fervo a água e ponho na caneca dele dps ele escolhe o sabor do chá e quantidade de açúcar) Eu fiz os 3 chás (o dele o meu e do meu pai) eu deixei a luz da cozinha acessa e subi segurando as canecas de chá minha e do meu pai e falei pra ele que o chá dele estava na mesa. Então eu entreguei o chá para meu pai e fui pro meu quarto tomar o meu e dormir segundos dps ele aparece no quarto -VOCE NÃO TROUXE MEU CHÁ!?! depois disso fiz minhas orações e fechei os olhos pra dormir instantes dps sinto alguém entrar no quarto era meu irmão, ele viu que eu estava quieto e aparentemente dormindo e meu deu um tapa na bunda e um nas minhas costas eu pensei " Se eu continuar imóvel e quieto talvez ele entenda que eu dormi e eu possa dormir em paz" Mas ele foi além pq eu ouvi as vibrações do meu celular (ele queria colocar uma música alta no meu ouvido para eu acordar) aí tive que cancelar meu plano de dormir sem conversar com ele fiquei extremamente bravo por ele ter feito isso mesmo que ele dissesse que só queria rezar comigo por mim isso não justifica acordar alguém" mesmo que essa pessoa ainda não esteja dormindo" Além disso ele é mal educado com nossos pais e vive querendo ver oq estou fazendo no computador no celular e vive me chamando mesmo que eu diga" ESTOU DE FONE NÃO QUERO SER INCOMODADO" Então eu sou babaca por passar a ser mais grosso e frio com ele?
submitted by Alto_Astral to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.19 10:36 maxine_voddk Minha prima literalmente confessou que gosta de mim "daquele jeito"

hey, hey, é a primeira vez que estou fazendo isso e já estou me sentindo genuinamente arrependida. mas enfim, é uma curta história, mas preciso desafabar porque se não vou enlouquecer. e nada melhor do que ser publicamente ;)
então, antes do corona chegar a niveis pandemicos, minha mãe havia me informado que uma prima minha iria morar conosco, eu estava extremamente desconfortável com a situação mas apenas esconde e não deixei isso me afetar tanto. ela iria dormir junto comigo no meu quarto, e ele é extremamente pequeno e com toda certeza não tem espaço para duas pessoas, mas ok. até ai tudo bem.
tinhamos um bom papo, era legal até, e ela sempre dizia que eu era uma menina muito boa de papo, então basicamente eu contei metade dos meus segredos pra ela, afinal, acho que tenho problemas por me expor demais, tipo agora. então eu pensava: "temos que ser amigas, afinal ela ja sabe demais sobre mim." ( obs.: sou pansexual, sempre deixei isso bem claro pra ela, e tbm que ela não podia falar nada para minha mae porque eu nao tinha me assumido. e isso segue ate hoje. mas é só um pouco de contexto ate chegar a parte esquisita.)
mas aí as coisas estavam ficando estranhas e ela começava a me mandar elogios esquisitos e meio invasivos, isso foi logo depois de ela me dizer por zap que eu era uma menina muito bonita e que se eu não tivesse nenhuma "ligação com ela" ela já teria dado em cima de mim e tal, fiquei bem desconfortável com a situação mas levei na zoeira para não surtar. ela continua muito esquisita comigo, e as coisas ficaram estranhas entre nós, eu tento levar na zoeira, mas ela continha dizendo na zoeira que a quarentena tá deixando ela "assanhada". e velho isso é constrangedor pra mim. porque sinceramente, não sei se é mais zoeira ou não.
ela tem 18 e eu 15.
( sempre achei que coisas assim aconteciam sempre em fanfics e filmes pornô )
submitted by maxine_voddk to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 19:11 bCherryCoke O dia que um stalker ficou me perseguindo

Olá Luba, editores, gatitas, possível convidado e turma que está a ver.
Hoje eu vim contar sobre o dia que um cara muito estranho começou a me enviar mensagens esquisitas e assustadoras.
Tudo começou em 2016 quando eu estava indo pro colégio. Eu estava subindo a rua da minha casa para esperar uma amiga até que eu recebi uma dm de um perfil com um nome estanho e sem fotos. Eu sou bem curiosa, então eu nem pensei duas vezes antes de ver o que era. Cliquei, li uma vez, duas, três e depois eu fiquei arrepiada da cabeça aos pés tudo porque as mensagens diziam coisas como:
" Você tá linda com esse jeans novo. Seu uniforme marca bem seu corpo. Você tá Muito gostosa hoje"
Fiquei olhando pra todos os lados, mas não tinha ninguém além das senhorinhas que pegavam o ônibus naquele horário pra ir trabalhar. Não tinha a menor chance delas terem me mandando aquelas mensagens.
Depois que o medinho passou eu pensei melhor e achei que fosse uma brincadeira idiota de alguns meninos que já tinham feito coisas parecidas anos atrás. Resolvi responder a mensagem pedindo pra eles me deixarem em paz. Fui pro colégio e segui minha vida normal até a hora do intervalo quando vi que a pessoa tinha respondido dizendo que não queria ter sido indelicado e que só queria me fazer um elogio. Deixei de lado porque ainda achava que era aqueles caras fazendo gracinha.
Os dias foram passando e esse perfil continuava me mandando mensagens de manhãzinha e depois de noite (que era quando eu voltava do curso). Muitas mensagens tinham até conteúdo sexual. Teve mensagens que ele dizia que queria me levar no meio do mato pra fazer você sabe oque. Eu já tinha conversado com os meninos e eles tinham me jurado que não era eles e até queriam dar uma surra na pessoa que tava fazendo isso (pra tu ver o nível da situação). Achei que se eu deixasse a pessoa falando sozinha uma hora ou outra ele ia parar, mas não aconteceu, então eu resolvi dar corda pra ver se ele se entregava. Fui conversando, dando moral, respondendo a pessoa na hora que ela mandava as mensagens e tudo mais... fazia tudo isso com o c* na mão de medo de ser um malucão obcecado que queria me matar, mas eu precisava saber quem era pra colocar um fim nisso já que ignorar não tinha dado muito certo. Passei umas duas semanas falando com ele e tomando todo o cuidado quando saía na rua.. Eu tinha pelo menos dois canivetes comigo pra caso acontecesse algo.
No fim eu consegui convencer ele a falar quem era e fiquei de cara quando vi que ele era meu vizinho de 14 ANOS que morava na mesma rua que eu com o pai e a madrasta. Eu imprimi todas a mensagens e fui na casa dele. O cara ficou branco quando me viu ali com aquele pacote de folha sulfite na mão com as mensagens dele. De primeira ele nem quis me deixar entrar, mas eu tava tão virada no ódio que eu comecei a falar alto pra ver se os pais dele apareciam pra eu mostrar as coisas. Eles apareceram e eu conversei com eles mesmo com o menino gritando que era mentira minha e tentando pegar as folhas de mim. O pai dele estava fervendo de raiva e ficou até pior quando eu mostrei pra eles todas as mensagens que ele me mandava. Falei sobre o meu medo e até mostrei os canivetes pra eles. A madrasta ficou tão chocada e até tentou dar uma dura nele, mas o pai tava tão possesso que tentava bater o moleque de todo jeito.
Depois de toda a confusão o menino (que estava chorando igual um bebê) teve que me pedir desculpas e também apagar o perfil. Nunca mais vi ele depois disso, mas fiquei sabendo que ele levou uma bela de uma surra e depois foi morar com a mãe que vivia em outro estado e até hoje o pai e a madrasta dele me pedem perdão quando me vê na rua.
submitted by bCherryCoke to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.13 02:53 sapocururu123 Sou culpado por ser grossa com a garota que diz que gosta de mim?

Olá Luba é editores
Meu nome é Alanis (isso não é importante mais eu queria mostra pros meu AMIGOS que tu em notaste) Isso aconteceu no começo desse ano,uma garota vamos chamar ela de Kalrs. Pois bem ela "gosta de mim" pelo o que ela disse, o que eu acho super idiota por que ela não me conhece. 
No começo do ano (volta às aulas) uma amiga dela é a Kalrs vierão falar comigo e a amiga dela a Kátia (eu não sei o nome dela) foi falar comigo - oi a minha amiga a Kalrs que ser a sua amiga E logo pensei por que não? Eu gosto de fazer a amizades novas então eu falei - ok E dei um abraço na Kalrs Logo após algumas horas fui fazer cocôcô E lá estava ela chorando no banheiro , é bem eu não ia simplesmente cagar com ela lá chorando,então perguntei o que ela tinha é ela disse que um chaveiro dela tinha quebrado é que era de grande valor sentimental. E bem com uma pessoa que possui alguns neurônios Militei toda é disse - Olha não importa como objeto fique mas sim o sentimento que você sente por ele nunca irá se acabar Então eu limpei as lágrimas dela com a minha mãozinha de Alien, é ela agradeceu nós nos a abraçamos e eu voltei pra sala (sem ter cagado) Depois de umas duas semanas eu sempre dava oi pra ela é um abraço no Recreio
E aí começa o estrago Percebi que ela curtido todas LITERALMENTE TODAS as fotos do meu instagram eu tenho mais de 100 fotos é ela comentou também como, perfeita,linda 😍❤. O que me assustou um pouco porém não falei nada E nas outras semanas eu não estava mais dando oi nem nada pois ficava com outros amigos Então ela fez o que me irritou pra caralho mando indireta no story é eu sei que foi pra mim E neles falavam *é muito ruim ser ignorado pela pessoa que vocé mais ama eu não conhecia ela nem um mês . E fui tirar satisfação, falei numa boa perguntando o por que daquilo é ela não falando nada mas não queria brigar com ela então fiquei na paz E começou o carnaval muchas fiestas é sempre tinha na escola,então eu estava lá toda gostosa tezuda é ela não parava de olhar o que também me incomoda E lá estava ela chorando por que ela não conseguia toca o violino mas mesmo assim não pudi ignorar essa situação,falei com ela encorajei ela a não desistir de seus sonhos e assim vai
E POR QUE CARALHO EU ABRI MINHA BOCA
Depois disso ela ficava me stalkeando nas redes sociais e não parava de me olhar na hora do recreio
Ela até descobriu o meu número,Então eu já estava brava com tudo isso e começei a ser sincera com ela como quando ela me chamava de perfeita é eu dizia que o perfeito não existe é que era melhor ela para com esse tipo de elogio desnesesario. Então eu começei a gostar de um girl e ela sabia é mesmo assim é continuava com esse comportamento
(E o pior de tudo foi que eu e uma amiga minha estávamos vendo instagrams meus antigo é ela tinha curtido TUDO, é eu tenho 3 contas uma de 2017 a outra de 2018 é a de agora)
E comecei a ficar com medo pois já tive muitas pessoas atrás de mim é sempre faziam coisas estranhas o que me traumatizou muito, é ela foi se declarar pra mim na frente das amigas dela é tá não que eu já amava outra pessoa é que ela nem me conhecia direito.
E as amigas da karls foram fala comigo perguntando se eu gostava dela o que era um puta saco
E ela continuava a fazer coisas estranhas até que falei já chega
Eu disse pra ela que você nem me conhec e que somos apenas colegas e que ela era super chata me enchendo saco nem proucurava a me conhecer é que o "amor" dela é fútil e não passa de uma gostaçao passageira, que isso não é amor é eu já amo outra pessoa que sim ela me conhece.
Ai ela mando um puta texto de desculpa só que ela só dizia desculpas é não o motivo o que fiquei mais puta ainda
E dizia se eu queria a amizade dela ou não
E eu falei que eu não ligo
O QUE EU FIQUEI MAIS PUTO QUANDO ELA FALO
"Eu vó conquistar sua amizade é confiança" 
Eu queria falar 1 que amizade sendo que a gente só se comprimentava é que a Kalrs nunca foi fala comigo 2 confiança nunca teve é nunca vai ter
Então turma é lubixco
Jo soy babaca ou não?
submitted by sapocururu123 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.12 09:54 _Izumi_a_Zumbi_ A FALSA MELHOR AMIGA

Olá querido Lubinha, belíssimos Editores, diviníssimas Gatas, papelões restantes, Turminha querida e a quem mais desejar um "olá" com muito amor e carinho....
Bem, esta história ocorreu entre 2016 e 2017, ela envolveu eu (Izumi), minha ex-melhor amiga (Liz), e 2 amigos próximos, chamarei eles de MA e CL (ambas garotas).
Bem, primeiro vou contextualizar tudo antes disso, pra que entendam melhor.
Eu e Liz éramos grandes amigas, nós nos conhecemos no 5° ano do fundamental, porém só fomos nos falar pra valer no 6°, quando a gente brincava de pega-pega na escola. Éramos da mesma sala, e sentavamos em duplas naquele ano. Nós morávamos um pouco perto uma da outra e íamos com o mesmo micro-ônibus para a escola. De vez enquanto eu ia na casa dela, a pé, pois era perto. Numa das últimas vezes que fui, foi para nos despedimos dela (tinham 2 garotos com ela quando cheguei, mas eles não interferem em nada), enfim, nós comemos bolo que ela havia feito e brincamos de esconde-esconde. A despedida era devido que ela ia se mudar para SP para morar com o pai dela, os pais eram separados, e estava na hora de ela passar um tempo com o pai.
Ps: o ano ainda NÃO havia acabado, estávamos em novembro, mais especificamente, no final dele.
História em si;
Ela se mudou 2 dias depois, mas mantivemos contato por mais ou menos 1 mês, até o meio de dezembro.
Então nossas aulas continuaram até 8 de dezembro, nisso tudo certo, mas no último dia, eu, a CL e a MA estávamos conversando, normalmente, até que a MA solta "eu sempre achei a Liz muito falsa, forçada" e a CL concordou, eu falei que ela era minha amiga e que eu achava ela legal. No meio de dezembro, recebi uma mensagem dela dizendo "fiquei sabendo que você me chamou de falsa, eu achava que a gente era amiga" e outra logo em seguida "você foi falsa comigo!", na hora fiquei super confusa, pedi pra ela me explicar melhor e me contar quem tinha falado aquilo, eu fiquei dizendo por quase meia hora que eu jamais tinha falado aquilo dela. Foi quando eu me toquei que as únicas pessoas que haviam comentado isso, eram a MA e a CL, mas a Liz já tinha ficado brava demais pra me escutar, então ela simplesmente me bloqueou depois disso.
Ps: eu na verdade era falsa com ela, mas era pra não magoar ela, às vezes, eu forçava elogios para que ela se sentisse melhor, mas nada de ser uma na frente, e outra pelas costas.
Ps²: hoje em dia tem pessoas que me dizem que ela me tratava como lixo, mas sendo bem sincera, ela era até minha crush, então né..
Ps³: eu sei que ela ainda assiste os vídeos do Luba, então se isso por um milagre aparecer... Oi Liz, talvez, eu ainda sinta sua falta.
Fui babaca por não esclarecer tudo desde o início e deixar essa situação acontecer??
View Poll
submitted by _Izumi_a_Zumbi_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.02 20:52 ReinaldoUtilidades Aumente os seios - Segredos e estrategias como aumentar os seios naturalmente

Aumente os seios - Segredos e estrategias como aumentar os seios naturalmente

https://preview.redd.it/lbs6fquhmj251.jpg?width=364&format=pjpg&auto=webp&s=d946b00ed4c083fa6257b95244b4aa6a23e7a3dc
Seus Seios Estão Flácidos? Um dos maiores Problemas Femininos que tiram o sono de qualquer Uma é sua estética, afinal, para nós, Precisamos realmente ter um boa aparência para diversos motivos, como: Nos sentirmos bonitas, sexys e atraentes, provocarmos nossos maridos, namorados ou companheiros, e até chamar mais atenção com aquela roupa que compramos para um determinado evento, que seria uma simples festa ou casamento da nossa Melhor Amiga, afinal, qual de nós não gosta de receber um elogio? "Nossa, você está linda!!!
Detalhes simples como unhas bem feitas ou Seios Volumosos são motivos de bem estar e realmente nos sentimos ótimas quando colocamos nosso melhor vestido com decote e nosso companheiro repara com aquele olhar desconcertante, é como ganhar 1 milhão de reais, nos sentimos ótimas, e sei que você também ama ser desejada, se sentir mais confiante, Afinal, amamos andar Sem Sutiã, seja pela casa ou para ir em uma festa, mas com os seios Flácidos fica Extremamente Difícil, eu já passei por isso e sei que você sofre por diversos desses motivos.
Você colocou aquela melhor roupa e ficou linda, mas.. você pensou, "nossa, se eu tivesse seios maiores ou mais empinados, ficaria 10 vezes melhor", mas colocar silicone estava fora de cogitação para você, afinal, mais de 8 mil reais, não é todas nós que temos, por isso separei o método especialmente Para Você, já imaginou você ter que gastar 8 mil reais só para ter seios mais firmes e empinados? Vou te ensinar Passo A Passo como deixa-los Lindos e melhor ainda, não cobrando nem metade desse valor, apenas o Justo para ter este Resultado.
No método ensinamos passo a passo através de Exercícios, Posições e Dicas desenvolvidas pelos grandes especialistas de Harvard que te trarão grandes Resultados a curto, médio e longo prazo, resultados estes que mudarão drasticamente sua vida para Melhor.
100% Prático que pode ser aplicado por mulheres de qualquer idade, e que não exige conhecimentos técnicos nem avançados. Vou te mostrar como tudo funciona passo a passo na tela do seu celular. Para maiores detalhes acesse o Link: Aumente os Seios
submitted by ReinaldoUtilidades to u/ReinaldoUtilidades [link] [comments]


2020.05.10 17:42 Dortototo Não acho que alguém poderia gostar de mim de novo

Eu sempre tive uma autoestima muito baixa, não só sobre minha aparência, mas basicamente sobre todos os meus aspectos, portanto, nunca achei que uma mulher poderia se interessar por mim, tanto fisicamente como romanticamente, nunca me achei interessante o suficiente.
Assim que eu entrei na faculdade acabei conhecendo uma garota, e por algum motivo, eu conseguia ficar "bem" comigo mesmo quando estava com ela, acabei me apaixonando e fiz o que eu nunca pensei que teria coragem de fazer, me declarei pra ela e começamos a namorar.
Ela era a única pessoa em que eu me sentia a vontade de ser eu mesmo, não me sentia mal perto dela, e sempre fiz de tudo para fazer ela feliz, mesmo assim, quando estávamos separados, eu nunca entendia como ela podia gostar de mim, eu nunca acreditava em nenhum elogio que ela me dava, e sempre pensava que eventualmente ela se cansaria de mim.
Semana passada ela parou de responder minhas mensagens, e quando me respondeu foi falando que queria terminar, ela disse que ela não estava pronta para um relacionamento sério, que não estava madura o suficiente, e isso refletia suas ações como namorada, disse que queria o melhor pra mim e que eu tinha que ficar com alguém que me de o relacionamento que eu mereço.
Eu disse pra ela que algumas atitudes dela, que podem ser consideradas imaturas, realmente me machucaram, mas que a gente poderia resolver isso, e eu só queria ficar com ela.
Então ela fala que além disso, ela não sentia mais nada por mim, tudo o que ela tinha dito antes era verdade, mas que como ela não sentia mas nada por mim, era melhor terminar.
Sei que é idiota pensar que nunca vou achar ninguém igual a ela e talz, mas não consigo tirar da cabeça que realmente ninguém poderia gostar assim de mim, e que depois de um tempo, ela se cansou.
Não consigo me ver sendo tão aberto com outra pessoa, podendo ser eu mesmo, e essa pessoa me aceitando.
Terminamos bem, ela era minha namorada e melhor amiga, agora é só minha melhor amiga, nunca tivemos 1 briga, nunca fiquei com raiva dela, terminamos porque ela não estava preparada para um relacionamento sério e pq perdeu o sentimento por mim.
E apesar de eu saber que todos os pensamentos derivados da minha baixa autoestima são exagerados e incorretos, eu não consigo parar de pensá-los, e eu meio que já sabia que isso iria acontecer.
Pensava que eu nunca acharia alguém capaz gostar de mim fisicamente e/Ou romanticamente, acabei namorando uma garota que não sentia tesão por ninguém ( ela é assexual ), e que, como eu suspeitava, acabou se cansando de mim.
submitted by Dortototo to desabafos [link] [comments]


2019.12.31 19:00 Sinclair57827 Fazer uma amizade só aumentou meu sentimento de isolamento

Estou com vontade de escrever. Não vou conter o tamanho do texto, direi o que vier e jogarei a folha ao vento, talvez caia no colo de alguém que terá o interesse de ler.
Fiz uma amizade recentemente - falo isso com alguma insegurança. Gosto muito dela, mas me sinto inseguro ao pensar que ela me consideraria sua amiga. Talvez exista mesmo uma assimetria entre a imagem que faço dela e a que ela faz de mim, pois a partir da minha carência, a exalto. Não sei como as pessoas que têm muitos amigos lidam com esse volume, se os estimam em igual intensidade, se são indiferentes, e se a ausência deles faz alguma diferença. Sempre fui muito sozinho então estimei demais a presença das poucas pessoas que eu realmente gostava - duas ou três. Pensava nelas constantemente, lembrando das conversas e pensando o que diria em outras oportunidades. Me pergunto se elas pensam em mim também, e me entristeço ao considerar que talvez não, mas elas não precisam, nem devem, não posso depositar essas expectativas em ninguém, isso decorre apenas da minha carência.
Tivemos algumas conversas, eu e essa pessoa, e foram boas conversas, genuínas, sinceras e profundas. Fiquei imensamente feliz pela oportunidade, encontrei algo realmente raro, e com a felicidade e o desejo nascem, imediatamente, o temor da perda (quanto tempo passaria até que tivesse outra oportunidade equivalente?). Ela disse que também gostou, e depois fiquei pensando se não foi apenas gentil em me responder, ponderei as palavras que utilizou e as que omitiu. Por que eu sou tão inseguro e paranoico? O que eu precisaria para ser convencido? Que me abraçasse e me enchesse de beijos e elogios? É até um tanto grotesco o que surge quando narcisismo e insegurança se misturam.
Compartilhei algumas experiências, fui honesto de uma maneira muito estranha ao meu jeito usual. Queria deixar tudo sair, abaixar a guarda, já andava cansado de guardar para mim todas as minhas dores e tentando simular qualidades que não tenho, fingir segurança, autossuficiência, confiança, clareza de propósito, alegria. Eu sou inseguro mesmo, sinto medo, acho a vida difícil e confusa. Me sinto sozinho. Acho que muita gente se sente sozinha. É até irônica a quantidade de gente sozinha por aí, tentando esconder e agravando a própria solidão. Mas também sinto coisas boas, a considero minha amiga hoje e sinto vontade de demonstrar afeto, acho que eu sou carinhoso e sinto vergonha e medo de que tornando isso aparente a afastaria de mim, por dar a entender que tenho segundas intenções ou porque ninguém gosta de gente manhosa demais.
Queria que ela compartilhasse também, mesmo os detalhes mais irrelevantes da sua vida. Não por uma curiosidade acerca da sua vida, pois poderia fazer as mesmas perguntas para qualquer um e obteria respostas similares, mas pelo estabelecimento de uma confiança, de cumplicidade. Ela me consideraria próximo o bastante para me dizer como foi seu dia, como se sentiu, e uma memória feliz da infância, ou algo que tenha a tenha deixado melancólica. Mais do que estar na presença de pessoas, gostaria de ser relevante para alguém. Talvez, ir para além da minha esfera pessoal, do isolamento do meu mundo particular, e fazer parte do panorama da vida de outra pessoa.
Mas nada disso foi dito. Talvez seja o jeito dela, ou eu só não sou digno, ou pode ser que o que ela disse era o que ela considerava importante e eu sou, de fato, estimado. E eu não perguntei, na verdade.
Me lembro do que não devia ter dito e do que poderia ter dito melhor, e me sinto culpado e com medo de que isso talvez tenha criado uma má impressão e maculado permanentemente a imagem que ela tem de mim, e uma amizade profunda e potencial já não é mais possível. Paranoia. Não existe método para o nascimento de uma amizade, existe o contato necessário, mas o resultado pode ser um ou outro independentemente da minha vontade, não posso esperar o afeto de ninguém.
Ela não é a primeira e certamente não será a última pessoa que passará pela minha vida, não sei por quanto tempo. Sei que os intervalos entre uma e outra serão grandes. Isso me entristece, não consigo me livrar da ideia de que a condição humana seja, fundamentalmente, a solidão, cada um isolado na sua subjetividade e na sua própria história. Talvez não seja a condição humana mas a minha, certamente, é, quase uma doença crônica, uma dor que as vezes diminui mas está sempre lá.
Minha família não era de demonstrar afeto exacerbadamente, nunca aprendi a ser afetivo, eu era a única criança da casa, me isolei gradualmente dos meus colegas e não fiz um único amigo por todo o colegial. Há um ou outro sujeito com quem converso ocasionalmente, mas não faz diferença. Nunca pertenci a grupo algum, não me identifiquei com ninguém e meu único namoro foi desastroso. Minha alienação se acentuou após ingressar na faculdade, desenvolvi uma obsessão compensatória pelos estudos e passei uns bons 5 anos sem contato com praticamente ninguém, fiz um progresso estrondoso nesse tempo mas a custo do quê? A conquista perde seu glamour quando vejo sua causa, escapo para sonhos megalomaníacos porque a realidade banal é difícil demais para mim. Esses fatos compõem a base da minha vida e não é possível mudá-la, mesmo que eu me desenvolva de tal modo a ter mais pessoas presentes na minha vida, a base que me forma será sempre essa.
Penso em como pode ter sido a vida dela. Completamente diferente, imagino. Abro o seu instagram em um instinto voyeurístico, a vejo feliz com sua família e sinto inveja. Essa é uma mistura de sentimentos bem bizarra, inveja, paixão, felicidade (por vê-la feliz), ressentimento, carência, me sinto pequeno, ela parece inacessível para mim, por que ela manteria por perto alguém como eu? Ela sempre deve ter tido muitos amigos, fez teatro na juventude. Viveu suas aventuras. Como terá sido sua primeira paixão? Será que ela é feliz com seu passado? Eu devia parar de usar redes sociais, me sinto desconfortável quando olho suas fotos, invado sua privacidade e tento me projetar numa vida na qual não pertenço.
Por que me faço essas perguntas? Por que me menosprezo tanto? Poderia estar feliz pela oportunidade que recebi de conhecer alguém legal e esperar até o próximo momento que teríamos para conversar e só o que consigo fazer é rolar de um lado para o outro com essa dor insuportável no meu peito, perdendo a sanidade para a paranoia.
submitted by Sinclair57827 to desabafos [link] [comments]


2019.11.21 23:39 Pirat3B0Y Problemas com Auto-Estima e a Morena

Não queria que esse post fosse um "Problema de Adolescente mas
Eu to afim de uma garota na escola, ela vive me olhando e eu retribuo, e etc, a gente se fala as vzes, não uma conversa de verdade, mas a gente se fala, eu ajudo ela nas atividades as vzes
E eu vejo que ela tá entediada quase sempre, e eu quero ir lá conversar
Mas já tá no fim do ano e não vai dar tempo, porque (se eu não estiver errado, amanhã é o último dia de Aula, depois é prova)
E eu to pensando em ir lá pegar o número dela, mas não quero que isso seja estranho, não quero chegar lá e falar: ei, me dá teu número
Não sei muito bem oque fazer, não sou muito bom em atividades sociais
Outra coisa ruim é que ela é tipo muito linda,e tem altos caras atrás dela, mas ela não liga para eles e coisas assim, e até agora ela só faz isso comigo, interagir e me olhar a todo tempo
Eu venci um pouco meu medo de falar com garotas, ganhei até auto-estima depois de receber elogios de amigos, de duas garotas aleatórias, e dela (eu sento perto então consigo ouvir ela falando com a amiga dela que me acha bonitinho, e que meu cabelo é fofo)
Mas parece que sempre vem um FDP abaixar tua auto-estima, falando que tu é feio e coisas do tipo
Eu chego a ficar paranoico, porque quando eu vejo que alguém tem interesse em mim, algum fdp faz isso, fode minha auto-estima e eu fico sem confiança para falar com garotas, ou para andar em público, é como de todo mundo tivesse me julgando quando isso acontece
Edit: se alguém poder me dar uma dica de como me arrumar melhor para ir para escola amanhã, eu agradeço, agora vou ver vídeos sobre como melhorar a segurança
submitted by Pirat3B0Y to brasil [link] [comments]


2019.10.18 05:37 johnbruce3000 Tinder é uma bosta ou são a maioria das mulheres lá q não sabem o q querem ?

Criei uma conta no Tinder, tenho em uma semana 52 curtidas e só dei 8 matchs... Sabe o q eu consegui ? Uma "grande amiga" e olhe lá...
Tenho 33 anos e a aparência mediana, e recebo muitos elogios (principalmente das velhas), e as chances q já tive foram varias... Mas sou meio timido na questão do xaveco mas para conhecer e conversar é muito simples.. Gosto desse meu estilo, pois é bem melhor a pessoa lhe conhecer bem antes de se relacionar, certo ?
ok. logo de cara no tinder já notei q o sistema tem um modo pilantra pra dificultar suas chances.. Tipo; se vc colocar 1km vc acha umas 15, ok, depois o sistema diz q não há mais ninguem na sua area, ok, ai vou e coloco a 3km e adivinha, nesse meio aparece varias de 1km e na minha propria cidade.. Quando acaba a mesma coisa, aumento pra 6km = ninguem, aumento pra 8 aparece umas de 1km na lista....
As mulheres.. Não sou de ficar atraz, logo eu apenas inicio com um simples OI... Umas não respondem, outras respondem só; SIM, NÃO, TRABALHO COM ISSO, E VC ?, LEGAL, BACANA...... Só, ou seja, não ajuda na conversa.
3 q conversávamos e o papo ia super bem, risadas e até indiretas sexuais por fazer elas rirem, logo de cara quando pedi o facebook delas, elas meio q enrolaram para dar (pois acho q é o corre e seguro para as mulheres saberem com quem estão conversando, confirmar se sou solteiro, trabalho, amigos, familia etc. Certo ? correto!). 2 tinham filhos e não me falaram nada e não estava escrito nada. Ok não sou contra mas pelo menos acho q é bom avisar né.. ok, quando add no face elas simplesmente sumiram, sendo q o papo estava bom, viram minhas fotos no tinder e WHATTS, logo o q q deu errado ??? .. Detalhe, uma tinha o status de casada e não me falo nada, mas bele, ela mesmo foi sumindo aos poucos..
sobrou 1.. Nossa! super gente boa, trabalha com analise clinica e tem varias qualidades como atenciosa d+.. A mina tem bom papo, se eu mando textão ela tambem manda e é super paciente, e a voz linda.
Foi então q ela desabafo e disse q ainda era "casada" no papel. Q esta separada por traição e ainda tem q resolver o divorcio, ok.. E disse q estava muito machucada e q nao conseguia gostar de ninguem e q queria dar um tempo sozinha.. Mas sei q ela conversava com outros caras pelos vacuos q me dava mas sempre respondia me pedindo desculpas.. Ok então disse q eu era um grande amigo e q não era q ela não gostava de mim mas sim q ainda gosta do ex, em msm de voz quase chorando e disse q estava cansada de homens tambem (acho q os outros encheram o saco dela).. Em fim, respeitei e me afastei por respeito pois tambem considero ela uma grande amiga de 4 meses conversando.. Serio, gostei muito dela mas tambem nao quero ser um stalker... E minha ultima msm ela não respondeu e nem mandei mais nada como sinal de respeito..
EM FIM.. A Conclusão é q, além desse tinder ser pilantra, as mulheres em sua maioria não sabem escolher homem ou são complemente perdidas nesse tinder.. Fora as pilantras q sabem q são super modelos e só estao la para conseguir seguidores no insta pra suprir o ego.
Pessoalmente minha cidade e´parada d+. Mal tem mulher. No meu trabalho tambem não tem. Amigos já casaram e noa se veem mais..
Sera q o meio é GP de luxo ???
submitted by johnbruce3000 to desabafos [link] [comments]


2019.09.30 20:47 MundodaAvaliacoes como puxar assunto com uma mulher

Se você quer saber como puxar assunto com uma mulher e é tímido, esqueça este passado.
A seguir, você verá as melhores ideias para iniciar um assunto com qualquer garota, seja na rua, na escola, trabalho etc.
Por isso, confira agora mesmo a primeira dica e como ela funciona na prática!

Índice de Conteúdo

Clique aqui para ler o artigo completo!


Clique aqui para ler o artigo completo!

Fonte: https://doceconquista.com.b
Artigos Relacionados:
Como Enlouquecer um Homem com Palavras — 6 Dicas Matadoras
7 Maneira de Conquistar uma Pessoa Difícil! Garantido
7 Formas de Como Conquistar uma Menina e ser Irresistível
Como Conquistar um Homem por Mensagem 6 Dica Matadoras
Como conquistar um homem pelo whatsapp » 6 Dicas Infalíveis!
Como Conquistar um Homem Difícil e Mulherengo
Como conquistar um homem de câncer! 7 Técnicas Infalíveis
Infalível Como Surpreender um Homem no Primeiro Encontro
Passo a Passo de Como Seduzir uma Mulher Fácil Fácil!
6 Dicas Infalíveis de Como Conquistar uma Amiga Rápido!
Saiba Como Conquistar um Homem Casado e Fiel?GARANTIDO!
Passos SIMPLES de Como Seduzir um Homem na Cama!
Como Enlouquecer um Homem na Cama — Método Simples e Rápido!
Descubra Como Conquistar uma Mulher Ainda Hoje!
MÉTODO Fácil e Rápido de Como Conquistar um Homem
Saiba Como Agradar um Homem — 7 Dicas Infalíveis
Tags:
como conquistar um homem,conquistar um homem,como conquistar,como seduzir um homem,como conquistar um homem conquista,como conquistar um homem gay,como conquistar um homem alegria,como conquistar um homem coragem,como conquistar um homem sedução,como conquistar um homem atração,como conquistar um homem mansidão,como conquistar um homem felicidade,como conquistar um homem pelo whatsapp, como conquistar uma mulher,conquistar uma mulher,como conquistar uma mina,como conquistar uma mulher difícil,como conquistar uma mulher no instagram,como conquistar uma menina,como conquistar mulheres,como conquistar uma mulher boa,conquistar mulher,como conquistar uma mulher gata,como conquistar uma mulher alta,como conquistar uma mulher linda,como conquistar uma mulher timida, como seduzir uma mulher,como conquistar uma mulher,como seduzir,seduzir mulheres,conquistar uma mulher,como atrair uma mulher,como chegar em uma mulher,como conquistar uma mulher casada,como seduzir mulheres,como conquistar uma mulher com palavras,como conquistar mulheres,como seduzir mulher,como conquistar,seduzir mulher,como pegar mulheres,como atrair mulheres,como agradar uma mulher, como seduzir um homem,como conquistar um homem,como enlouquecer um homem,como deixar um homem louco,conquistar um homem,seduzir um homem,como atrair um homem,como reconquistar um homem,como deixar um homem doido,como conquistar um homem casado,dicas para conquistar um homem,como conquistar um homem mais velho,como seduzir um homem gato,como seduzir um homem sexy,como seduzir um homem amado, como iniciar uma conversa,como conversar com uma mulher,iniciar uma conversa,como iniciar uma conversa com uma mina,como iniciar uma conversa com uma mulher,como iniciar uma conversa com uma desconhecida,como conversar,como conversar com uma garota,dicas para iniciar uma conversa no tinder,como ter uma conversa interessante,dicas para iniciar conversa com uma mulher,como puxar assunto, como ser atraente,como ser mais atraente,como ser mais bonito,atraente,como ser um homem atraente,como ser um homem muito atraente,como ser,como saber se você é atraente,como ficar atraente,ser mais atraente,ser um homem atraente,como ficar mais bonito,homem atraente,como ser sexy,dicas para ser um homem atraente,como ser homem atraente,como ser atraente homem,como ser um cara atraente, como fazer ele se apaixonar,como fazer um homem se apaixonar,como fazer um homem se apaixonar por mim,como fazer ele se apaixonar por mim,como fazer uma mulher se apaixonar,como fazer uma mulher se apaixonar por você,como conquistar um homem,como fazer o crush se apaixonar,como fazer um homem se apaixonar por vc,como fazer um homem se apaixonar por voce,Tags:como puxar assunto,como puxar assunto com uma mina,puxar assunto,como ter assunto,como conversar com uma mulher,como puxar assunto com mulher,puxar assunto com uma mulher,como puxar assunto com uma mina no whats,como puxar assunto no whatsapp,como chegar em uma mulher,como conquistar uma mulher,como puxar assunto com ela,como puxar assunto no tinder,como puxar assunto com garotas,Site que Indico:
submitted by MundodaAvaliacoes to u/MundodaAvaliacoes [link] [comments]


2019.08.07 15:50 lanaSouza “Bullying “nas relações conjugais - palavras que machucam!

Artigo publicado há 5 ANOS no JusBrasil , pela própria autora deste Blog, mas com antigo perfil do Jus (sucesso por lá, editado aqui pelas alterações da Maria da Penha em 2019)
Há alguns anos, poucos após a entrada em vigor da Lei Maria da Penha(11.340/2006), uma senhora me procurou, em meu antigo escritório em Cuiabá, para contar o que se passava consigo, na verdade, com o seu relacionamento conjugal.Dizia ela estar casada havia 3 anos e meio e há muito já não sabia o que era ouvir uma palavra carinhosa do marido, ao contrário disso, só ouvia frases depreciativas à respeito de sua aparência, suas vestes, sua inteligência, sua formação profissional, etc.
*Este texto está disponível também AQUI
Aliás, ela não sabia dizer se algum dia teria ouvido um elogio do marido sobre algo relacionado a ela, mesmo antes de casarem.
A senhora em questão havia me procurado para saber se tinha algo que ela pudesse fazer acerca do assunto, uma vez que também considerava aquilo como um tipo de violência doméstica. Ela estava certa. A violência porquê passava no dia a dia, dentro do lar, é considerada pela Lei 11.340/2006 como sendo Violência Psicológica, e vem prescrita nos artigos 5º “caput” e 7º, inciso II da referida Lei.
Art. 5o Para os efeitos desta Lei, configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial: (Vide Lei complementar nº 150 de 2015);
Art. 7o São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre outras:
(…)
II - a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação.
Hoje (2019), entretanto, a antiga Lei já conta com as mudanças acrescentadas pela Lei 13.827/2019, com as seguintes alterações:
Art. 2º O Capítulo III do Título III da Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha), passa a vigorar acrescido do seguinte art. 12-C:
“Art. 12-C. Verificada a existência de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da mulher em situação de violência doméstica e familiar, ou de seus dependentes, o agressor será imediatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida:I - pela autoridade judicial;II - pelo delegado de polícia, quando o Município não for sede de comarca; ouIII - pelo policial, quando o Município não for sede de comarca e não houver delegado disponível no momento da denúncia.
§ 1º Nas hipóteses dos incisos II e III do caput deste artigo, o juiz será comunicado no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas e decidirá, em igual prazo, sobre a manutenção ou a revogação da medida aplicada, devendo dar ciência ao Ministério Público concomitantemente.
§ 2º Nos casos de risco à integridade física da ofendida ou à efetividade da medida protetiva de urgência, não será concedida liberdade provisória ao preso.”
Art. 3º A Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha), passa a vigorar acrescida do seguinte art. 38-A:
“Art. 38-A. O juiz competente providenciará o registro da medida protetiva de urgência.
Parágrafo único. As medidas protetivas de urgência serão registradas em banco de dados mantido e regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça, garantido o acesso do Ministério Público, da Defensoria Pública e dos órgãos de segurança pública e de assistência social, com vistas à fiscalização e à efetividade das medidas protetivas.”
Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 13 de maio de 2019; 198o da Independência e 131o da República. JAIR MESSIAS BOLSONARODamares Regina Alves
A violência em questão é quase tão grave quanto a física, podendo ser inclusive pior, vai depender do “estado emocional” de cada mulher e da constância da agressão!A pessoa da história acima passou a sofrer depressão com o decorrer do tempo. Frequentava o psiquiatra e tomava remédios controlados; não conseguia mais trabalhar e fazer as atividades da casa como antes pois vivia mais acamada do que disposta.
Engordou, deixou de fazer coisas que antes gostava, coisas normais e consideradas necessárias para uma mulher como: pintar as unhas, depilar-se, fazer exercícios, ir ao cinema, falar e encontrar com amigas e parentes; isolou-se em seu mundo – passou a ser tão“agressiva” com os demais que acredita ter se igualado ao agressor (marido); a vida dentro de casa transformou-se em “elogios” mútuos.
De pessoa “doce”, carinhosa, gentil e amável, em especial com os romances que já havia tido anteriormente, passou a ser amarga e tratar esse companheiro da mesma forma que ele a tratava pois, segundo ela, “é dando que se recebe”; “quem oferece flores receberá flores, mas quem só dá espinhos é isso que conseguirá” (palavras dela). No entanto, quanto mais agressiva (com palavras) se tornava, mas culpada e infeliz, vivia!O que fiz por essa senhora?
A Lei ainda era considerada “experimental”, estava em vigor há pouco mais de um ano, todavia era novidade, inclusive em se tratando de violência psicológica – no que tive de estudar o assunto para dar uma melhor resposta. Acredito que ela somente aguardou a resposta porque eu era indicação de uma amiga sua.
Diz ela que contar o caso que se passava em sua vida já era difícil e vergonhoso por demais para me contar, sair relatando a dois ou três Advogados era impossível.Assim fui “estudar” a lei mais a fundo para saber se o caso dela haveria solução.Percebi que, pelo fato de NÃO estar disposta à separação, nem tinha vontade de vê-lo preso, pois era ele quem mantinha a casa com o “bom salário” que recebia; (estava desempregada) e, na época sem condições psicológicas para tal; não haveria muito o que fazer a não ser indicar acompanhamento psicológico para ele também – até porque, como já dito, a lei era muito nova e não havia precedentes ou algo que se pudesse valer como “exemplo” para resolver a situação.Acredito que minha explicação não lhe tenha caído muito bem, pois ela insistia que àquilo era crime, já que havia lido a lei antes de ir me consultar. Um tipo difícil de cliente, pois acha que sabe tudo; não aceita conclusões e explicações que não seja do agrado. Mas qual seria a resposta que ela gostaria de ouvir se não queria se separar do marido nem vê-lo preso?- Já não sei, nunca entendi!Só sei que se a vida dela não estava fácil, a minha também não ficou nada agradável depois dessa consulta. Essa senhora estava muito impaciente, amarga e intolerante. Chorava com facilidade e perdia a paciência por qualquer coisa.
Realmente estava doente devido ao relacionamento perturbado que tinha com o marido, segundo ela, já tinha até pensamentos suicidas. Confesso que fiquei atormentada por não “conseguir” fazer nada.O esposo dessa cliente transformou a vida dela num inferno ao se aproveitar de sua fragilidade e dependência econômica!Chamá-la de preguiçosa, burra, gorda e inútil era comum, isso fez com que a auto estima dela se perdesse por completo. Era por isso que não desejava a separação, acreditava que não encontraria mais ninguém e muito menos um emprego para seguir vivendo – ele fazia questão de dizer, também, que ninguém a iria querer.
A atitude dele parecia a de um sádico; só se sentia feliz quando a fazia chorar – muitas vezes chegou a pensar que ele poderia ser um psicopata, já que não sentia nada por ela, nem por ninguém; totalmente desalmado e descompassivo – o pior de tudo é que ele deixava claro que gostava de ser assim!O relato que acabo de transcrever é bastante comum. Acredito que hoje a facilidade em lidar com tais situações é bem maior que há 13 (doze) anos, quando essa senhora me procurou.
Hoje existem delegacias especializadas em defesa da mulher em qualquer cidade, há ajuda psicológica oferecida pelo próprio Estado e apoio incondicional à mulher vítima de qualquer violência que venha descrita no artigo 7º da Lei Maria da Penha, e as alterações inseridas pela nova Lei (a de 2019 - citada acima).Um dos motivos que me fez recordar dessa infeliz Senhora foi a leitura de um artigo publicado na revista Marie Clarie de outubro de 2014, que entrevistou a Psicóloga Adelma Pimentel sobre o lançamento do livro em que é autora, denominado“Violência Psicológica nas relações conjugais” (da Summus Editorial).A obra fala do efeito devastador que uma violência desse gênero poderá acarretar nas relações conjugais.Preferi, no entanto, nomear este artigo como “Bullying” nas relações conjugais, pois a violência psicológica é partida, quase sempre, de um membro que se acha superior direcionada a outro que se encontra, segundo quem pratica, em relação de inferioridade.

Veja o que diz o artigo da Marie Claire:

Protegida pelo silêncio, incorporada aos costumes, herança da cultura patriarcal, ela se instala nos lares desde muito cedo, levando os casais a estabelecer relações pobres e, muitas vezes, doentias.
Estudiosa do assunto e militante da causa da prevenção e da erradicação da violência, Adelma apresenta um retrato dos embates psicológicos que acometem parceiros das mais diversas origens e classes sociais. No livro, ela faz uma análise profunda sobre o tema, propõe a nutrição psicológica de cada membro do casal para que diminuam os conflitos e oferece elementos indicativos para romper o ciclo de violência e restabelecer os vínculos afetivos do casal.Apesar da grande incidência nas relações conjugais, a agressão geralmente não é reconhecida pelos cônjuges, sobretudo pela mulher. Entre suas manifestações estão o deboche, a humilhação e o isolamento.
Na avaliação da psicóloga, famílias são organizações complexas, dialéticas e ambíguas. Campo de diversos choques, ódios e de trânsito voraz de rápidas, variadas e múltiplas emoções que podem coexistir no mesmo dia, conforme os atores e seus atos. “Dentro delas, os embates atravessados pela violência psicológica podem contribuir para forjar casamentos precipitados, uniões estáveis e até mesmo namoros que perpetuam o círculo vicioso de aprisionamento dos sujeitos”, complementa.
Num mundo totalmente reconfigurado, em que os papéis de gênero sofrem mudanças a cada dia, o livro é um referencial para discutir antigos modelos familiares e novos caminhos de expressão, baseados no autoconceito, na autoestima e na autoimagem nutridos psicologicamente desde a infância. “O objetivo é cooperar com os esforços coletivos para atualizar e renovar nossa humanidade, tão fragilizada pela supressão de valores éticos”, afirma a autora. Para ela, o diálogo é o nutriente imprescindível de uma relação afetiva amorosa. Ele é mediador do fortalecimento dos vínculos e do não enraizamento das violências privadas, sobretudo a psicológica.
Fonte: gruposummus. Com por Marie Claire
Autoria /Comentários: Elane F. De Souza OAB-CE 27.340-B
Foto/Créditos: pixabay grátis *Às vezes, como no caso apresentado, a única solução viável é o Divórcio; aproveito para indicar um sistema online, EFICAZ e mais barato do Brasil para se divorciar (funciona para ambos os sexos e quaisquer outra forma de relacionamento conjugal homossexual).
submitted by lanaSouza to DivulgueDireito [link] [comments]


2019.01.21 00:51 Law_Mateus Eu quero apenas um carinho...

Já fiz tantos desabafos sobre isso (tanto para amigos meus quanto aqui no Reddit) que eu, estou puto com tanta saturação, fazer esse desabafo vai mudar algo pra minha situação ? Claro que não, mas eu tô cansado literalmente cansado de esperar por carinho, eu simplesmente acho que eu só preciso de carinho pra ter como tratar as coisas de uma maneira mais feliz. Ver casais em obras que amo (de livros a músicas) é algo que tenho prazer de ver mas sempre me parte o coração, pois a falta de qualquer memória relacionadas a carinho afetivo é algo que ronda minha mente o tempo inteiro e eu sinto que toda vez, que penso em algo como isso (relacionamentos) preciso falar para alguém mas, como disse nem eu me aguento falando sobre isso. Eu já tinha marcado com duas meninas esse mês, eu realmente estava feliz, mesmo vendo coisas que normalmente me deixariam triste eu não está me sentindo assim, porém acabei por levar dois bolos de cada uma, graças a Deus não foi presencial, mas sla(mesmo que, o por que delas terem me dado o bolo não fosse minha aparência) eu fiquei extremamente frustrado pois essas eram as primeiras vezes(de tentativas por minha parte) e já estava tudo dando errado, e então eu estou apenas esperando para conseguir sair com uma delas agora pois a outra está desprezando demais a situação , ela não dá o mínimo de importância. Porém essa espera dura um eternidade, até porque eu terei curso dois dias seguidos e eu realmente preciso desse afeto eu tô me sentindo muito mal esses dias realmente ver pessoas, casais e ficar desejando aquilo na minha vida a muito tempo é algo que está acabando comigo eu tô muito desgastado mentalmente por pensar tanto sobre isso, eu só quero ter essa experiência, eu estou pouco me importando se der errado, apenas o fato de eu conseguir passar por essa experiência vai mudar para melhor meu estado mental (ou eu pelo menos espero). Muito disso se deve ao fato de que com quase 17 anos eu ainda estou bv, é algo que não tem nada haver com questões sociais eu apenas sinto tudo de ruim em saber que estou entrando no 3 ano do ensino médio e uma das coisas que mais fode minha cabeça é a falta de relacionamento amorosos. Além disso outra coisa que me deixa mal é elogio (não todo tipo) é por que assim ontem eu falei pra minha amiga sobre isso de eu ser bv mesmo tendo uma idade elevada, e ela falou que não acredita por que eu era bonitinho, eu fiquei feliz(apenas por alguns momentos) porém logo dps muito triste, pois em saber que o único motivo de eu não ter essa experiência, é totalmente culpa minha. Eu realmente me sinto no fundo do poço a ponto de ficar triste após um elogio.
submitted by Law_Mateus to desabafos [link] [comments]


2018.12.26 20:43 Law_Mateus 4 garotas, inseguranças, transição social e relacionamentos.

Eu queria fazer esse post a alguns dias, porém toda vez ocorria algum empresvisto e eu acabava não fazendo, mas chega de enrolação, vou começar a falar logo sobre o que é:
Bem a mais ou menos uns 10 dias eu tive um grande mudança em minha percepção social, pois eu havia ido a o aniversario de uma amiga minha, de todas a pessoas que iriam a este aniversario eu só conhecia 3 pessoas (as quais so tinha visto pessoalmente 2 vezes e uma dessas era minha amiga obviamente) e estava muito receoso sobre tudo isso pois eu era alguém muito timido antes da festa (a e outra observação as outras duas pessoas eram mulheres tbm). Pra contextualizar Melhor essa festa não foi feita em uma casa nós fomos pra um parque de diversões e depois para uma lanchonete, ok. Na festa tinha os meus maiores medos sociais: pessoas na mesma ou maior idade que a minha, pessoas bonitas e mulheres (o pior de tudo isso era um combo: mulheres bonitas da mesma ou maior ideia que a minha, só tinha uns 3 caras e o resto eram meninas, 8 no caso) e mesmo tendo todo esse baguio dos meu medos eu fiquei de boa consegui passar o aniversário de boa falando como todo mundo como se eu não tivesse problema algum com isso eu achei aquilo impressionante e fiquei muito feliz naquele dia.(guardem esse aniversário que ainda irei voltar nele)
No outro dia pós o aniversário eu me senti "Social", como o Cellbit já disse em uma entrevista eu senti que precisava sair com pessoas, como se eu realmente tivesse essa mudança do dia pra noite (ok agora guardem essa informação)
Voltando a aniversário, após passarmos duas horas no parque a gente decidiu ir para uma lanchonete, lá a gente conversou bastante e tals porém teve uma hora que minha 3 amigas as quais já conhecia antes do aniversário elas saíram da mesa principal e foram pra outra separada que ficava não muito longe da nossa blz e elas ficaram me chamando pra ir lá pra outra mesa eu fui então, quando eu cheguei lá elas ficaram falando que eu era muito lento por não percebi que uma amiga delas estava dando em cima de mim, eu fiquei sem entender por que realmente não tinha parecido isso, a única coisa que ela fez foi me dar um abraço pouco longo e só isso. Além disso ela ficaram falando que ela deu em cima não só de mim, mas de um outro menino que tava na festa e de um amigo meu por que ela tinha pegado meu celular e mandado mensagem para ele, e depois ficou pedindo o número dele. Mas eu tinha quase certeza que elas estavam exagerando por que o passado dela, era disso de dar em cima de muitos caras mas, sendo bem sincero ela, em minha percepção não tinha feito isso com ninguém aquela noite.
Obs. Importante: essa mina que supostamente deu em cima de mim, a alguns meses atrás tava com um amigo meu.
No outro dia resolvi falar pra meu amigo que ela tinha "dado em cima de mim" então ele disse que não tinha problema ela só tava sendo carinhosa e tals, porém ele falou que poderia ser um vingança por ele ter ficado com uma amiga dela, no final falou que não tinha problema de qualquer jeito pois ela tava solteira. Após isso eu com o passar do tempo fiquei interessado nela e como meu amigo falou que não tinha problema já que ela estava solteira então resolvi perguntar se ela realmente tinha dado em cima de mim e se eu poderia sair com ela qualquer dia(lembrando que se fosse meu eu antes da festa eu provavelmente nunca faria isso pois era muito tímido), ela acabou respondendo que sabia que iam falar que ela deu em cima de mim, falou que não deu em cima e que poderiamos marcar de sair depois que ela viajase. Blz eu já tava muito feliz.
Voltando pra quando eu queria sair pronto eu chamei um pessoal pra sair no outro dia umas 10 da manhã eu sabia que não iriam muitas pessoas até por que fiz isso de última hora, algumas pessoas falaram que iam mas acabaram cançelando, eu não está triste pois meu amigo falou que teria uma aula de 11 horas um curso que ele participava, perto do lugar onde eu ia então se ninguém fosse eu teria a companhia pelo menos do pessoal do curso (do qual eu já conhecia algumas pessoas) então fiquei algum tempo esperando no meu lugar, tava meio entendiado então resolvi usar o stories do Zap(Sim eu uso caguei se isso não é cool) para dizer que eu estava sozinho se alguém poderia ir para o meu local de encontro, após isso a mina lá falou que estava em um lugar, que ficava não muito longe dali, e ela tava praticamente dizendo vem aqui pra a gente ficar. Então eu como jovem dinâmico despreparado para tal situação falo que eu ia na casa de um amigo se desse eu passava lá, então eu acabei indo realmente pra casa do meu amigo e lá falei pra ele que seria muito difícil de eu ir lá ficar com ela e depois voltar pro curso , pois era um local perto, mas não tanto assim. Acabei decidindo que não iria até ela por que foi algo de última hora e eu não estava preparado pra aquilo, conversei com meus amigos foi bastante legal e tudo mais.
Blz fiquei me sentindo mal um tempo por não ter ido ficar com ela, mas ok eu segui em frente. Nesse mesmo dia eu só ficava mais fissurado nela e realmente tinha me apaixonando, então resolvi que no outro dia iria na casa do meu amigo conversar com ele pra saber se ia ter algum problema em relação a isso quando conversei com ele, ele ficou dizendo mas, "tu sabe que eu ainda gosto dela né?!" Pedi pra dá um abraço ele falou: "Cara não quero abraço me sinto traído" eu fiquei bem triste com isso e fiquei: "Ue mano cê não tinha dito que ela tava solteira, eu achei que tava tudo bem"(apenas pensei nisso não falei pra ele)
Obs: ele falou que um dos motivos pra eles "terminarem", foi por que ela traiu ele e por causa de problemas familiares, ele não entrou em detalhes.
ok após esse clima tenso voltei pra casa sem saber o que faria eu cogitei desistir de sair com a mina porque eu senti estava "traindo ele" fiquei pensando nisso muito tempo, até que eu sentei e discuti com um amigo meu que já tinha um pouco mais de experiência na vida amorosa, ele basicamente falou que se eu considerava amizade do cara não deveria interferir nisso e apenas ir ao encontro, mas não demonstrar nenhum interesse e em último caso se eu estivesse realmente apaixonado eu ficaria com ela, mesmo sabendo destes problemas. Então eu decidi que iria ao encontro e não faria nada, Isso foi uma decisão bem difícil já que eu sou basicamente um garoto de 16 BV que nunca se relacionou romanticamente, então ir pra um encontro onde a mina é bonita ela me quer e eu quero ela seria uma tarefa bem difícil, mas ok decidi fazer isso.
No outro dia fiquei novamente pensando nisso por um bom tempo e decidi que não ia fazer mas, isso por que eu realmente tinha me apaixonando por ela. Então eu postei algumas coisas no status relacionadas a estar apaixonado e meu amigo respondeu aquilo de uma maneira triste a eu expliquei a ele que os sentimentos são coisas que eu não controlo e tudo mais, e pedia desculpa de tudo que eu fiz ele sentir. Ele respondeu apenas com "ok", beleza eu percebi que ele tinha ficado putasso. Logo mais a mina manda mensagem, era ela falando que não ia mas poder ficar comigo, e esperava que a gente pudesse ser amigo eu reagi, normalmente dizendo que sim a gente podia ser amigo e que eu ia levar aquilo de boa e eu realmente levei por que tava tudo tão confuso na minha cabeça que eu só queria que acabasse.
Logo mais eu fui mandar um print de conversa com ela pra o meu amigo e na hora que eu mandei foi a hora que eu me decepcionei ele disse que ela tinha mandado aquilo pra mim por que ele dois tinham acabado de brigar e eu fiquei me sentindo muito mal por, ter causado tudo aquilo. Meu amigo tentou me consolar, pedindo desculpa por ter.me feito se sentir um lixo e tals e eu falando cara tudo bem. Pronto aí acabou aí
Maaaas, eu continuei sentido um amor tremendo por ela eu sonhei com ela mandando mensagem e áudios pra mim e isso era coisas que realmente me faziam feliz então eu acabei mandando uma mensagem pra ela, falando que eu não ia aguentar até fevereiro pra falar o que eu estava sentindo, falei sobre isso do sonho e tudo mais que ainda estava apaixonado e que não me importava de não ser correspondido eu apenas queria falar dos meus sentimentos pra ela. Pedi encarecidamente pra ela não falar sobre está mensagem pra ele. Ela respondeu dizendo que era pra eu relaxar que íamos resolver isso em fevereiro quando ela voltasse, depois falou que eu era uma pessoa incrível (com emoji e tudo) e eu retribuí (com emoji e tudo)
Voltando a minha transição do social nesse meio tempo que acontecia todas elas coisas e até mesmo antes delas eu tinha investido em uma garota e outra tinha investido em mim:(agora um pequeno resumo sobre cada história)
A menina que deu em cima de mim foi uma prima da minha amiga que tinha pegado o celular da mesma, basicamente ela falou que tinha problemas familiares e por causa disso nossa comunicação não ficaria tão acessível já que ela estava de castigo e disse eu não poderia mandar mensagem pelo insta e nem qualquer outro lugar pois poderia da problema pra ela, então no único meio de comunicação de lá pra cá foi ela dando like em algumas fotos minhas e comentando tbm(nada de elogios como gatão ou algo assim só coisa pra interagir mesmo) e eu tbm dando likes nas fotos da mesma
Sobre a mina que eu investi, quando eu estava em uma apresentação na sala dos meu colegas, eu e ela trocamos olhares e eu achei ela bonita acabei falando com uma amiga minha, que estudava com essa menina, conseguimos descobrir o insta, dela, já que eu não sabia nem o nome dela, quando fui contar sobre ela pra um amigo meu ele falou que era a mesma de uma amigo meu, só que outro amigo falou que não teria problema de ir falar com ela já que esse meu outro amigo falava com várias garotas então eu, fui sem medo, começei a falar com ela pelo insta até que consegui o Zap e por aí estamos se falando até hj, porém um problema, um dia que eu estava a andar com esse amigo que estava interessado na moça ele falou que gostava dela e eu sabia e tudo mais que eu tinha vacilado, porém eu disse que não que tu descobrido depois e que eu só fui por que falaram que ele tava tentando isso com muitas garotas, ele acabou dizendo pra eu investir por que ele não teria chance, já que ele estava a falar com ela desde maio e ainda não tinha feito nada. Ok Apenas fiquei conversando com ela.
Além de tudo isso uma menina que era bastante bonita me chamou na dm do insta aí mandei um print disso pra meus amigos ai, o mesmo cara da menina acima falou que tava mirado nessa tbm ai eu falei "caralho, mas tu fala que eu me meto em tudo né, coisa chata da poha"
Basicamente agora estou em um momento onde tem 4 meninas em situações diferentes. A menina do Zap que eu chamei vou sair com ela em janeiro mesmo tendo sentimentos por a primeira lá eu não sei que rumo vai tomar aquilo então decidi que eu faria isso apartir de conselhos de uma amiga minha, e após isso estou pensando em marcar com a outra do insta logo mais, porém ainda não tenho certeza.
Obs: a prima mora em outra cidade.
Estou confuso e em equilíbrio de felicidade e tristeza pois tá tudo muito confuso ainda, gostaria de opiniões, apesar desse texto estar gigantesco eu, espero que alguém leia e de a opinião sobre, obrigado a todos. :):
submitted by Law_Mateus to desabafos [link] [comments]


Elogios para uma amiga Música e frases para sua melhor amiga Para a melhor amiga #2 - YouTube Melhores amigas para sempre melhores elogios para minha amiga 😂 - YouTube Frases Tumblr 'Melhor Amigas' Musica para amiga irmã - YouTube TE AMO PIRANHA ❤ / MELHORES AMIGAS TUMBLR Videos para sua melhor amiga - YouTube MANU SILVA - MELHOR AMIGA LETRA [VALE A PENA ASSISTIR ...

Elogio para minha amiga querida - Mundo das Mensagens

  1. Elogios para uma amiga
  2. Música e frases para sua melhor amiga
  3. Para a melhor amiga #2 - YouTube
  4. Melhores amigas para sempre
  5. melhores elogios para minha amiga 😂 - YouTube
  6. Frases Tumblr 'Melhor Amigas'
  7. Musica para amiga irmã - YouTube
  8. TE AMO PIRANHA ❤ / MELHORES AMIGAS TUMBLR
  9. Videos para sua melhor amiga - YouTube
  10. MANU SILVA - MELHOR AMIGA LETRA [VALE A PENA ASSISTIR ...

Videos Para Aniversario Da Melhor Amiga 💟 - Duration: 4:09. Um Loko Com Suas Lokuras 110,149 views. 4:09. KIT PARA AS MELHORES AMIGAS #4 - SÓ PARA AS MELHORES! KIM ROSACUCA - Duration: 13:06. Nome da música: conselho de irmão VÍDEO DE ANIVERSÁRIO PARA MELHOR AMIGA - Duration: 4:57. Naelly Vitoria Recommended for you. 4:57. TE AMO PIRANHA / MELHORES AMIGAS TUMBLR - Duration: 2:15. QUE SAUDADE! - Mensagem para uma amiga muito especial - Duration: 1:15. Acreditar Sempre 111,577 views. 1:15. ... Um elogio para uma pessoa especial - Duration: 0:55. Mundo das Mensagens 683,994 ... Marca sua melhor amiga Inscreva-se no canal e deixe seu like Música: Mc Mirella e Mc Bella - Te Amo Piranha. Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. 💕😊😉Esse vídeo e homenagem para sua melhor amiga que sempre esta junto com você mesmo longe sempre esta perto espero que você goste se deixe seu like e se esc... Esse vídeo e homenagem para sua melhor amiga que sempre esta junto com você mesmo longe sempre esta perto espero que você goste se deixe seu like e se escrev... Meus amores esse vídeo eu fiz justamente para melhores amigas , se você tem uma melhor amiga mostra pra ela. Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube.